Economia circular na reciclagem de resíduos orgânicos

Você já ouviu falar em economia circular? Ela é uma nova forma de pensar o nosso futuro e a nossa relação com o planeta. O modelo surgiu em 1989, com o objetivo de garantir o desenvolvimento econômico com o uso consciente dos recursos naturais. 

Até então, no modelo de economia linear, acreditava-se que o crescimento econômico e o bem-estar humano estavam ligados com o consumo crescente de novos recursos naturais. Ou seja, estes eram extraídos, processados, consumidos e descartados.

Nas últimas décadas, um movimento de transição vem sendo construído entre os dois modelos. Atenta às questões ambientais, a Brandili tem adotado práticas e iniciativas em prol da preservação de recursos naturais através do reuso ou da reciclagem.  

Um exemplo prático da transformação da economia linear em circular foi a mudança de destinação do resíduo orgânico (restos de vegetais, massas, grãos, pães, ovos e similares), gerado no preparo e consumo de alimentos no refeitório da empresa. 


Economia Linear

Através de um projeto executado em 2021, o resíduo que era descartado no aterro sanitário através da coleta municipal de lixo, passou a se transformar em composto orgânico e adubo para o cultivo de hortaliças que, por sua vez, retornam à cozinha industrial e à mesa dos colaboradores. 

A transformação do resíduo em composto orgânico é um exemplo prático de economia circular, onde foi possível melhorar o uso dos recursos naturais e reciclar os nutrientes que compõem a matéria orgânica.

Redutoras de resíduo orgânico

Assim, é possível perceber que, na economia circular, o ciclo de reutilização e transformação da matéria-prima são infinitas, o que possibilita uma mínima geração de resíduos. Não é preciso extrair novos recursos naturais, pois estes sempre podem ser reinseridos no sistema.

Economia circular

Além da redução do volume de lixo destinado ao aterro sanitário, o que aumenta a sua vida útil, outra vantagem dessa iniciativa é o incentivo ao desuso do sistema público de coleta de lixo, com a redução do volume de lixo coletado e transportado. 

A decomposição de resíduos orgânicos em aterros sanitários contribui para a geração de metano, gás de efeito estufa que contribui para o aquecimento global. No sistema adotado, o gás carbônico (outro gás de efeito estufa) foi previamente removido da atmosfera pelo processo de fotossíntese das plantas. 

Resíduo orgânico                                                    Adubo orgânico
Preparo canteiro
Produção de hortaliças